domingo, março 11, 2007

ode às musas



todo o sarau falaste de poesia. mas
o que me recorda é a erecção, a estrofe dos lábios secos,
muito provavelmente tesão

do dedilhar do poema mordido,
os sussurros, essa coisa fodida
de toda a noite murmurar poemas e poesia
e o único que recordo ser assim, ouvindo
teus lábios em poética erecção.

(foto gamada aqui)

1 Comments:

Blogger Erecteu said...

Bem orientado pela Maria-arvore, não pude deixar de vir deixar um abraço.
Do pema está falado. e mui bem, por ela

1:38 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home