quinta-feira, janeiro 25, 2007

bom dia!


Canção infantil

Era um amieiro.
Depois uma azenha.
E junto
um ribeiro.

Tudo tão parado.
Que devia fazer?
Meti tudo ao bolso
para os não perder.

Eugénio de Andrade, "Primeiros Poemas" in 'obra de Eugénio de Andrade/1', Ed. Limiar, 2ª ed. de 1978
(foto daqui)

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home