domingo, maio 07, 2006


O meu desejo é que a equipa na próxima época seja a mesma desta. Sem tirar nenhum nem contratar mais ninguém. Todos: a equipa técnica e os jogadores, o Bola de Prata e todos os seus colegas do 'deixa andar', mais os seccionistas e os dirigentes, os enfermeiros e os empresários deles todos, que não haja uma única desistência ou substituição.

Para quê? para perceberem (e sentirem) aonde conduziram um clube que é maior que as suas carreiras e glórias, e ainda o será quando deles ninguém se lembrar além das chorosas viúvas e demais herdeiros. Para aprenderem a lutar pelos seus próprios resultados e não ficarem à espera dos azares dos outros. Para. Para. E ainda Para. Que nenhum se balde ou seja 'baldeado'. Todos, sem excepção, a cumprirem penitência que lhes amaine os tiques de prima-donas e os faça ter (ao menos essa...) dignidade de profissionais.

Hoje é o meu desejo. Hoje, ainda a digerir a má notícia. E apressei-me a escrever pois, sei-o, amanhã fá-lo-ia de forma pior. Se hoje falo em 'humildade' e 'brio', a dura realidade do amanhã poderá trazer-me palavras menos simpáticas.

Fim de história.

2 Comments:

Anonymous AMC said...

Um abraço de solidariedade portista.
Desde que comecei a sentir o futebol (por volta dos 6 anos talvez) tive sempre uma admiração especial pelo Belenenses, não só pela cor, mas principalmente por ficar encantado com a entrada dos jogadores do Belenenses com a bandeira do meu FCP, homenagem que era retribuída aquando das deslocações do FCP a Belém.
Para o ano espero que já cá estejam de novo!

1:36 da tarde  
Blogger ELCAlmeida said...

Esquece, porque um já bateu com a porta e fala-se - e já se falava antes - como possível sucessor de Josualdo Ferreira ou de Manuel Macado, mais do primeiro que do segundo.
A minha solidariedade e uma grande kandando
Eugénio Almeida

12:59 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home