quinta-feira, março 30, 2006

Secret Services


Não há muito tempo atrás foi assassinado na cidade da Beira, Moçambique, um indivíduo de nome José Gaspar Mascarenhas, o "Chico" Mascarenhas.

As sociedades são violentas e as urbes ainda mais, é sabido. Diariamente os jornais e as televisões vivem deste tipo de notícias para fazerem salivar os 'clientes'. Duplo infelizmente.

Mas este, o 'Chico', não era um pacato cidadão cujo assalto descambou para o pior desfecho ou involuntário personagem principal duma tragédia semelhante do quotidiano, enfim, tudo no seu historial pessoal indicia que o crime que o vitimou tem raízes que penetram no cinzento do sub-mundo dos agentes secretos e dos seus 'ajustes de contas', coisa à laia de romance de espiões e quejandos, polícias políticas, etc, no caso e porque dum moçambicano se trata faz-se agulha aos tempos do sinistro SNASP, e da guerra civil da RENAMO e da FRELIMO que tornaram Moçambique quase exangue. O dito e finado 'Chico' fora agente do SNASP (polícia secreta do regime monopartidário) e posteriormente emprestara as suas artes 'secretas' à RENAMO, e até era actualmente seu deputado no parlamento nacional moçambicano.

Desconheço as fontes e sua sustentabilidade na mensagem que linko, extraída dum Grupo MSN em que os seus cerca de mil participantes inscritos são maioritariamente moçambicanos afectivos na diáspora da História. Mas, dando como bom e credível o relato e testemunho lá deixados (até pelo auto proclamado envolvimento pessoal do autor naquele período da história moçambicana), achei por bem trazê-lo para aqui, pois este blogue tem ligações sentimentais que são inequívocas à terra mais bonita das que o Índico beija.

A História escreve-se, também, com testemunhos de quem a viveu inside ou assistiu à sua escrita. E as estórias de espiões, mesmo as com final trágico como a do 'Chico' Mascarenhas, também têm um charme especial.

(foto gamada aqui)

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home