segunda-feira, novembro 20, 2006

taxas


Como hoje tive de ir ao hospital para uma consulta (taxa moderadora= 2,75 €), e como fui bafejado na última extracção do Euro Migalhas, aproveitei e passei pela contabilidade para acerto de contas das taxas moderadoras que acumulei nos últimos 'episódios de urgência', mais análises, exames e consultas subsequentes. Tudo somado deu € 93,75, sendo de louvar que nem os internamentos nem os exames realizados durante os ditos são, até ao momento, sujeitos a qualquer taxa, moderadora ou com outro cognome qualquer.

Coisa que vai mudar, já se sabe, e que lá tiveram o cuidado de me recordar pois sou cliente regular da casa. Assim, e porque não tenho pais ricos, não me saíram mais de quinhentos euros na lotaria e não sou cliente do BES, e para a próxima semana, mais meses de Dezembro e de Janeiro já tenho consultas/exames/análises marcadas, resta-me deixar-me de manias e tratar mesmo do cartão de 'isento', benefício fiscal a que tenho direito como senhorio duma inquilina crónica, mas que sempre me recusara a obter por vê-lo como atestado duma velhice que considerava (e considero) prematura.

Não, neste momento já é uma questão de inteligência. Financeira. E eleitoral, na altura certa para juntar facturas e recibos e dar-lhes com o balanço nas trombas, dobrado em quatro que é como lhes dói mais.


(foto daqui.)

1 Comments:

Blogger Carlos Gil said...

já cá canta. ou vcs se aviam a marcar alguma coisa ou ele voa que é um desatino! :-)
(último aviso)

1:59 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home